Mais

ArcMap Zonal Statistics não produz tabela de atributos


Estou usando as estatísticas zonais no analista espacial ArcMap 10.2. A zona de entrada é um recurso (estados contíguos dos Estados Unidos) e o raster (.tiff - inteiro assinado) é a biomassa para todo o território dos Estados Unidos. Todos os dados foram projetados para áreas iguais de albers. Eu selecionei "Ignorar Sem Dados"

O problema: as estatísticas zonais não produzem uma tabela de atributos. O que devo fazer?


Faça um depois de executar a ferramenta usando a ferramenta Build Raster VAT. Devem ser dados inteiros.


Em vez de usar a ferramenta de estatística zonal, tente usar o Estatísticas zonais como tabela ferramenta. Isso criará uma tabela de resultados. Você pode então juntar isso de volta à sua camada de polígono.


Recarga de água subterrânea para o condado de Burlington, NJ

Os dados aqui fornecidos são distribuídos de acordo com as seguintes condições e restrições.

Para todos os dados aqui contidos, o NJDEP não faz representações de qualquer tipo, incluindo, mas não se limitando a, garantias de comercialização ou adequação para um uso específico, nem essas garantias estão implícitas com relação às camadas de dados digitais fornecidas abaixo. O NJDEP não assume nenhuma responsabilidade em mantê-los de qualquer maneira ou forma.

1. Os dados digitais recebidos do NJDEP devem ser usados ​​exclusivamente para fins internos na condução dos assuntos diários.

2. Os dados são fornecidos no estado em que se encontram, sem garantia de qualquer tipo e o usuário é responsável por compreender as limitações de precisão de todas as camadas de dados digitais fornecidas neste documento, conforme documentado nos arquivos de referência cruzada que os acompanham (consulte a Seção 1.14 CROSS_REFERENCE). Qualquer reprodução ou manipulação dos dados acima deve garantir que o sistema de referência de coordenadas permaneça intacto.

3. Os dados digitais recebidos do NJDEP não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para uso por ninguém sem antes obter permissão por escrito do NJDEP. Esta cláusula não se destina a restringir a distribuição de informações mapeadas impressas produzidas a partir dos dados digitais.

4. Quaisquer mapas, publicações, relatórios ou outros documentos produzidos como resultado deste projeto que utilizam dados digitais do NJDEP creditarão o Sistema de Informação Geográfica (GIS) do NJDEP como a fonte dos dados com o seguinte crédito / isenção de responsabilidade:

"Este (mapa / publicação / relatório) foi desenvolvido usando dados digitais do Sistema de Informações Geográficas do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, mas este produto secundário não foi verificado pelo NJDEP e não é autorizado pelo estado."

5. Os usuários devem exigir que qualquer contratado independente, contratado para realizar trabalhos que utilizem dados digitais obtidos do NJDEP, concorde em não usar, reproduzir ou redistribuir os dados do NJDEP GIS. Os dados utilizados por um contratante independente deverão ser devolvidos ao usuário original no encerramento de tal trabalho contratual. Os usuários concordam em cumprir as condições de uso e reprodução especificadas acima e concordam em exigir que qualquer contratante independente cumpra os mesmos termos. Ao usar os dados fornecidos neste documento, o usuário reconhece que os termos e condições foram lidos e que o usuário está sujeito a esses critérios.


Parâmetros

O conjunto de dados que define as zonas.

As zonas podem ser definidas por um raster inteiro ou uma camada de feição.

O campo que contém os valores que definem cada zona.

Pode ser um número inteiro ou um campo de string do conjunto de dados da zona.

O raster que contém os valores sobre os quais calcular uma estatística.

A tabela de saída que conterá o resumo dos valores em cada zona.

O formato da tabela é determinado pelo local e caminho de saída. Por padrão, a saída será uma tabela de banco de dados geográfico se estiver em um espaço de trabalho de banco de dados geográfico e uma tabela dBASE se estiver em um espaço de trabalho de arquivo.

Especifica se os valores NoData na entrada do valor serão ignorados nos resultados da zona em que se enquadram.

  • Marcado — Dentro de qualquer zona específica, apenas as células que têm um valor na varredura do valor de entrada serão usadas para determinar o valor de saída para aquela zona. As células NoData no raster de valor serão ignoradas no cálculo da estatística. Este é o padrão.
  • Desmarcado - Em qualquer zona específica, se houver células NoData no raster de valor, elas não serão ignoradas e sua existência indica que não há informações suficientes para realizar cálculos estatísticos para todas as células nessa zona. Consequentemente, toda a zona receberá o valor NoData no raster de saída.

Especifica o tipo de estatística a ser calculado.

  • Todas - Todas as estatísticas serão calculadas. Este é o padrão.
  • Média - Será calculada a média de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output.
  • Maioria - será calculado o valor que ocorre com mais frequência de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output.
  • Máximo - O maior valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de saída será calculado.
  • Mediana —O valor mediano de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output será calculado.
  • Mínimo - O menor valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de output será calculado.
  • Minoria - será calculado o valor que ocorre com menos frequência de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output.
  • Percentil - O percentil de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output será calculado. O 90º percentil é calculado por padrão. Você pode especificar outros valores (de 0 a 100) usando o parâmetro Valores de percentil.
  • Intervalo —A diferença entre o maior e o menor valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output será calculada.
  • Desvio padrão - O desvio padrão de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • Soma - O valor total de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • Variedade - O número de valores exclusivos para todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • Mínimo e máximo - as estatísticas mínimas e máximas serão calculadas.
  • Média e desvio padrão - as estatísticas de média e desvio padrão serão calculadas.
  • Mínimo, máximo e média - as estatísticas mínimas, máximas e médias serão calculadas.

Especifica como os rasters de entrada serão processados ​​se forem multidimensionais.

  • Desmarcado - as estatísticas serão calculadas a partir da fatia atual do conjunto de dados multidimensional de entrada. Este é o padrão.
  • Marcado - as estatísticas serão calculadas para todas as dimensões do conjunto de dados multidimensional de entrada.

O percentil a ser calculado. O padrão é 90, indicando o 90º percentil.

Os valores podem variar de 0 a 100. O 0º percentil é essencialmente equivalente à estatística mínima e o 100º percentil é equivalente ao máximo. Um valor de 50 produzirá essencialmente o mesmo resultado que a estatística média.

Esta opção está disponível apenas se o parâmetro do tipo Estatísticas estiver definido como Percentil ou Tudo.

Especifica o método de interpolação de percentil a ser usado quando o número de valores do raster de entrada a ser calculado é par.

  • Detecção automática - Se a varredura do valor de entrada for do tipo de pixel inteiro, o método mais próximo é usado. Se o raster de valor de entrada for do tipo pixel de ponto flutuante, o método Linear é usado. Este é o padrão.
  • Mais próximo - o valor disponível mais próximo do percentil desejado é usado.
  • Linear - A média ponderada dos dois valores circundantes do percentil desejado é usada.

O conjunto de dados que define as zonas.

As zonas podem ser definidas por um raster inteiro ou uma camada de feição.

O campo que contém os valores que definem cada zona.

Pode ser um número inteiro ou um campo de string do conjunto de dados da zona.

O raster que contém os valores sobre os quais calcular uma estatística.

A tabela de saída que conterá o resumo dos valores em cada zona.

O formato da tabela é determinado pelo local e caminho de saída. Por padrão, a saída será uma tabela de banco de dados geográfico se estiver em um espaço de trabalho de banco de dados geográfico e uma tabela dBASE se estiver em um espaço de trabalho de arquivo.

Especifica se os valores NoData na entrada do valor serão ignorados nos resultados da zona em que se enquadram.

  • DADOS - Dentro de qualquer zona em particular, apenas as células que têm um valor no raster de valor de entrada serão usadas para determinar o valor de saída para aquela zona. As células NoData no raster de valor serão ignoradas no cálculo da estatística. Este é o padrão.
  • NODATA - Em qualquer zona específica, se houver células NoData no raster de valor, elas não serão ignoradas e sua existência indica que não há informações suficientes para realizar cálculos estatísticos para todas as células dessa zona. Consequentemente, toda a zona receberá o valor NoData no raster de saída.

Especifica o tipo de estatística a ser calculado.

  • ALL - Todas as estatísticas serão calculadas. Este é o padrão.
  • MEAN - A média de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de output será calculada.
  • MAJORITY - O valor que ocorre com mais frequência de todas as células na rasterização de valores que pertencem à mesma zona da célula de output será calculado.
  • MÁXIMO - O maior valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de saída será calculado.
  • MEDIAN - O valor mediano de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de output será calculado.
  • MÍNIMO - O menor valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de saída será calculado.
  • MINORIDADE - O valor que ocorre com menos frequência de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • PERCENTIL - O percentil de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de output será calculado. O 90º percentil é calculado por padrão. Você pode especificar outros valores (de 0 a 100) usando o parâmetro Valores de percentil.
  • RANGE - A diferença entre o maior e o menor valor de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculada.
  • STD - O desvio padrão de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • SOMA - O valor total de todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona que a célula de saída será calculado.
  • VARIEDADE - O número de valores exclusivos para todas as células no raster de valor que pertencem à mesma zona da célula de saída será calculado.
  • MIN_MAX - As estatísticas mínimas e máximas serão calculadas.
  • MEAN_STD - As estatísticas de média e desvio padrão serão calculadas.
  • MIN_MAX_MEAN - As estatísticas mínima, máxima e média serão calculadas.

Especifica como os rasters de entrada serão processados ​​se forem multidimensionais.

  • CURRENT_SLICE - As estatísticas serão calculadas a partir da fatia atual do conjunto de dados multidimensional de entrada. Este é o padrão.
  • ALL_SLICES - As estatísticas serão calculadas para todas as dimensões do conjunto de dados multidimensional de entrada.

O percentil a ser calculado. O padrão é 90, indicando o 90º percentil.

Os valores podem variar de 0 a 100. O 0º percentil é essencialmente equivalente à estatística mínima e o 100º percentil é equivalente ao máximo. Um valor de 50 produzirá essencialmente o mesmo resultado que a estatística média.

Esta opção só é suportada se o parâmetro statistics_type estiver definido como PERCENTILE ou ALL.

Especifica o método de interpolação de percentil a ser usado quando o número de valores do raster de entrada a ser calculado for par.

  • AUTO_DETECT - Se o raster do valor de entrada for do tipo pixel inteiro, o método NEAREST é usado. Se o raster de valor de entrada for do tipo pixel de ponto flutuante, o método LINEAR é usado. Este é o padrão.
  • PRÓXIMO - O valor disponível mais próximo do percentil desejado é usado.
  • LINEAR - A média ponderada dos dois valores circundantes do percentil desejado é usada.

Amostra de código

Este exemplo resume os valores de um raster dentro das zonas definidas por um shapefile de polígono e registra os resultados em uma tabela.

Este exemplo resume os valores de um raster dentro das zonas definidas por um shapefile de polígono e registra os resultados em uma tabela.


Recarga de água subterrânea para o condado de Salem, NJ

Os dados fornecidos neste documento são distribuídos de acordo com as seguintes condições e restrições.

Para todos os dados aqui contidos, o NJDEP não faz representações de qualquer tipo, incluindo, mas não se limitando a, garantias de comercialização ou adequação para um uso específico, nem essas garantias estão implícitas com relação às camadas de dados digitais fornecidas abaixo. O NJDEP não assume nenhuma responsabilidade em mantê-los de qualquer maneira ou forma.

1. Os dados digitais recebidos do NJDEP devem ser usados ​​exclusivamente para fins internos na condução dos assuntos diários.

2. Os dados são fornecidos no estado em que se encontram, sem garantia de qualquer tipo e o usuário é responsável por compreender as limitações de precisão de todas as camadas de dados digitais fornecidas neste documento, conforme documentado nos arquivos de referência cruzada que os acompanham (consulte a Seção 1.14 CROSS_REFERENCE). Qualquer reprodução ou manipulação dos dados acima deve garantir que o sistema de referência de coordenadas permaneça intacto.

3. Os dados digitais recebidos do NJDEP não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para uso por ninguém sem antes obter permissão por escrito do NJDEP. Esta cláusula não se destina a restringir a distribuição de informações mapeadas impressas produzidas a partir dos dados digitais.

4. Quaisquer mapas, publicações, relatórios ou outros documentos produzidos como resultado deste projeto que utilizem dados digitais do NJDEP creditarão o Sistema de Informação Geográfica (GIS) do NJDEP como a fonte dos dados com o seguinte crédito / isenção de responsabilidade:

"Este (mapa / publicação / relatório) foi desenvolvido usando dados digitais do Sistema de Informações Geográficas do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, mas este produto secundário não foi verificado pelo NJDEP e não é autorizado pelo estado."

5. Os usuários devem exigir que qualquer contratado independente, contratado para realizar trabalhos que utilizem dados digitais obtidos do NJDEP, concorde em não usar, reproduzir ou redistribuir os dados do NJDEP GIS. Os dados utilizados por um contratante independente deverão ser devolvidos ao usuário original no encerramento de tal trabalho contratual. Os usuários concordam em cumprir as condições de uso e reprodução especificadas acima e concordam em manter qualquer contratante independente nos mesmos termos. Ao usar os dados fornecidos neste documento, o usuário reconhece que os termos e condições foram lidos e que o usuário está sujeito a esses critérios.


Recarga de água subterrânea para Union County, NJ

Os dados fornecidos neste documento são distribuídos de acordo com as seguintes condições e restrições.

Para todos os dados aqui contidos, o NJDEP não faz representações de qualquer tipo, incluindo, mas não se limitando a, garantias de comercialização ou adequação para um uso específico, nem essas garantias estão implícitas com relação às camadas de dados digitais fornecidas abaixo. O NJDEP não assume nenhuma responsabilidade em mantê-los de qualquer maneira ou forma.

1. Os dados digitais recebidos do NJDEP devem ser usados ​​exclusivamente para fins internos na condução dos assuntos diários.

2. Os dados são fornecidos no estado em que se encontram, sem garantia de qualquer tipo e o usuário é responsável por compreender as limitações de precisão de todas as camadas de dados digitais fornecidas neste documento, conforme documentado nos arquivos de referência cruzada que os acompanham (consulte a Seção 1.14 CROSS_REFERENCE). Qualquer reprodução ou manipulação dos dados acima deve garantir que o sistema de referência de coordenadas permaneça intacto.

3. Os dados digitais recebidos do NJDEP não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para uso por ninguém sem antes obter permissão por escrito do NJDEP. Esta cláusula não se destina a restringir a distribuição de informações mapeadas impressas produzidas a partir dos dados digitais.

4. Quaisquer mapas, publicações, relatórios ou outros documentos produzidos como resultado deste projeto que utilizem dados digitais do NJDEP creditarão o Sistema de Informação Geográfica (GIS) do NJDEP como a fonte dos dados com o seguinte crédito / isenção de responsabilidade:

"Este (mapa / publicação / relatório) foi desenvolvido usando dados digitais do Sistema de Informações Geográficas do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, mas este produto secundário não foi verificado pelo NJDEP e não é autorizado pelo estado."

5. Os usuários devem exigir que qualquer contratado independente, contratado para realizar trabalhos que utilizem dados digitais obtidos do NJDEP, concorde em não usar, reproduzir ou redistribuir os dados do NJDEP GIS. Os dados utilizados por um contratante independente deverão ser devolvidos ao usuário original no encerramento de tal trabalho contratual. Os usuários concordam em cumprir as condições de uso e reprodução especificadas acima e concordam em exigir que qualquer contratante independente cumpra os mesmos termos. Ao usar os dados fornecidos neste documento, o usuário reconhece que os termos e condições foram lidos e que o usuário está sujeito a esses critérios.


Recarga de água subterrânea para o condado de Cape May, NJ

Os dados aqui fornecidos são distribuídos de acordo com as seguintes condições e restrições.

Para todos os dados aqui contidos, o NJDEP não faz representações de qualquer tipo, incluindo, mas não se limitando a, garantias de comercialização ou adequação para um uso específico, nem essas garantias estão implícitas com relação às camadas de dados digitais fornecidas abaixo. O NJDEP não assume nenhuma responsabilidade em mantê-los de qualquer maneira ou forma.

1. Os dados digitais recebidos do NJDEP devem ser usados ​​exclusivamente para fins internos na condução dos assuntos diários.

2. Os dados são fornecidos no estado em que se encontram, sem garantia de qualquer tipo e o usuário é responsável por compreender as limitações de precisão de todas as camadas de dados digitais fornecidas neste documento, conforme documentado nos arquivos de referência cruzada que os acompanham (consulte a Seção 1.14 CROSS_REFERENCE). Qualquer reprodução ou manipulação dos dados acima deve garantir que o sistema de referência de coordenadas permaneça intacto.

3. Os dados digitais recebidos do NJDEP não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para uso por ninguém sem antes obter permissão por escrito do NJDEP. Esta cláusula não se destina a restringir a distribuição de informações mapeadas impressas produzidas a partir dos dados digitais.

4. Quaisquer mapas, publicações, relatórios ou outros documentos produzidos como resultado deste projeto que utilizem dados digitais do NJDEP creditarão o Sistema de Informação Geográfica (GIS) do NJDEP como a fonte dos dados com o seguinte crédito / isenção de responsabilidade:

"Este (mapa / publicação / relatório) foi desenvolvido usando dados digitais do Sistema de Informações Geográficas do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, mas este produto secundário não foi verificado pelo NJDEP e não é autorizado pelo estado."

5. Os usuários devem exigir que qualquer contratado independente, contratado para realizar trabalhos que utilizem dados digitais obtidos do NJDEP, concorde em não usar, reproduzir ou redistribuir os dados do NJDEP GIS. Os dados utilizados por um contratante independente deverão ser devolvidos ao usuário original no encerramento de tal trabalho contratual. Os usuários concordam em cumprir as condições de uso e reprodução especificadas acima e concordam em exigir que qualquer contratante independente cumpra os mesmos termos. Ao usar os dados fornecidos neste documento, o usuário reconhece que os termos e condições foram lidos e que o usuário está sujeito a esses critérios.


Recarga de água subterrânea para o condado de Gloucester, NJ

Os dados aqui fornecidos são distribuídos de acordo com as seguintes condições e restrições.

Para todos os dados aqui contidos, o NJDEP não faz representações de qualquer tipo, incluindo, mas não se limitando a, garantias de comercialização ou adequação para um uso específico, nem essas garantias estão implícitas com relação às camadas de dados digitais fornecidas abaixo. O NJDEP não assume nenhuma responsabilidade em mantê-los de qualquer maneira ou forma.

1. Os dados digitais recebidos do NJDEP devem ser usados ​​exclusivamente para fins internos na condução dos assuntos diários.

2. Os dados são fornecidos no estado em que se encontram, sem garantia de qualquer tipo e o usuário é responsável por compreender as limitações de precisão de todas as camadas de dados digitais fornecidas neste documento, conforme documentado nos arquivos de referência cruzada que os acompanham (consulte a Seção 1.14 CROSS_REFERENCE). Qualquer reprodução ou manipulação dos dados acima deve garantir que o sistema de referência de coordenadas permaneça intacto.

3. Os dados digitais recebidos do NJDEP não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para uso por ninguém sem antes obter permissão por escrito do NJDEP. Esta cláusula não se destina a restringir a distribuição de informações mapeadas impressas produzidas a partir dos dados digitais.

4. Quaisquer mapas, publicações, relatórios ou outros documentos produzidos como resultado deste projeto que utilizem dados digitais do NJDEP creditarão o Sistema de Informação Geográfica (GIS) do NJDEP como a fonte dos dados com o seguinte crédito / isenção de responsabilidade:

"Este (mapa / publicação / relatório) foi desenvolvido usando dados digitais do Sistema de Informações Geográficas do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, mas este produto secundário não foi verificado pelo NJDEP e não é autorizado pelo estado."

5. Os usuários devem exigir que qualquer contratado independente, contratado para realizar trabalhos que utilizem dados digitais obtidos do NJDEP, concorde em não usar, reproduzir ou redistribuir os dados do NJDEP GIS. Os dados utilizados por um contratante independente deverão ser devolvidos ao usuário original no encerramento de tal trabalho contratual. Os usuários concordam em cumprir as condições de uso e reprodução especificadas acima e concordam em exigir que qualquer contratante independente cumpra os mesmos termos. Ao usar os dados fornecidos neste documento, o usuário reconhece que os termos e condições foram lidos e que o usuário está sujeito a esses critérios.


Os modelos de qualidade da água de captação são essenciais para a gestão da água doce, entretanto, seu valor depende de seu desempenho e nível de incerteza e para que essas informações sejam comunicadas de forma transparente e compreensível às principais partes interessadas.

Aqui, apresentamos a calibração mais recente do modelo de Uso da Terra em Bacia para Sustentabilidade Ambiental (CLUES) e examinamos as implicações da calibração para estimar a atenuação de contaminantes no fluxo. CLUES estima as cargas anuais médias de captação de nitrogênio total, fósforo total e E. coli e é amplamente utilizado na Nova Zelândia para planejamento de captação e desenvolvimento de políticas. CLUES contém três componentes de modelo de água doce derivados de modelos de qualidade de água existentes. Dois são baseados nos modelos New Zealand Overseer e SPASMO e foram pré-calibrados para uso em CLUES. O terceiro componente é baseado no modelo USGS SPARROW e seus parâmetros foram calibrados contra cargas anuais estimadas a partir de dados mensais de qualidade da água de bacias hidrográficas em todo o país.

Descobrimos que CLUES fornece estimativas de carga razoáveis ​​na escala de captação (eficiências de Nash-Sutcliff & gt 0,8 para todos os contaminantes). No entanto, havia uma incerteza significativa na parametrização do SPARROW. Concluímos que, embora CLUES possa ser usado para estimar cargas de contaminantes de captação, ele não pode estimar adequadamente a atenuação no fluxo. A representação melhorada de fluxos de ordem inferior nos dados de calibração nos permitiria avaliar os rendimentos da fonte de cada um dos componentes do modelo para estimar melhor a atenuação.


ArcMap Zonal Statistics não produz tabela de atributos - Sistemas de Informação Geográfica

Código e dados para documento de modelo de acesso a serviços de população geográfica

Esta pasta contém conjuntos de dados e arquivos de código R para produzir os gráficos de dispersão e mapas em nosso papel. Abaixo estão alguns detalhes sobre como os arquivos são organizados.

Esta pasta contém registros de tempo de viagem produzidos usando o Access Mod 5, organizados por país usando suas abreviações de três letras. Em cada pasta, você encontrará rasters correspondentes ao tempo de viagem ao centro de saúde e centro de referência de câncer mais próximos. Para obter mais detalhes sobre os métodos, consulte o artigo.

Esta pasta contém o código R usado para gerar o indicador local bivariado de gráficos de dispersão de autocorrelação espacial. Esses arquivos de código lidos em conjuntos de dados espaciais que foram processados ​​no ArcMap (estatísticas zonais) e GeoDa (LISA bivariada) e podem ser adaptados aos arquivos de dados em seu contexto específico.


ArcMap Zonal Statistics não produz tabela de atributos - Sistemas de Informação Geográfica

Agência de Proteção Ambiental dos EUA (US EPA) EnviroAtlas - Aplicação de fertilizante N sintético em terras agrícolas por HUC de 12 dígitos nos Estados Unidos conterminous, 2006

Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento da EPA dos EUA (ORD) - Laboratório Nacional de Pesquisa de Exposição (NERL)

Research Triangle Park, NC

https://edg.epa.gov/data/PUBLIC/ORD/ENVIROATLAS/National https://enviroatlas.epa.gov/arcgis/rest/services/National/National2016_master/MapServer https://www.epa.gov/ enviroatlas / enviroatlas-data https://www.epa.gov/enviroatlas Data de publicação 2006

O objetivo deste conjunto de dados é fornecer informações que podem ser usadas para estimar a carga de fertilizante N sintético em nível de paisagem para bacias hidrográficas, unidades de gestão de recursos hídricos e agrícolas municipais e para outras unidades espaciais relevantes para o manejo ou ecossistema. O fertilizante N sintético é a principal fonte de N reativo para os ecossistemas dos Estados Unidos e pode ter impactos positivos (aumento da produção agrícola) e negativos (por exemplo, eutrofização dos sistemas aquáticos). Esses dados podem ser usados ​​para examinar as correlações com as características de qualidade do ar e da água ou podem ser usados ​​em modelos biogeoquímicos terrestres e aquáticos. O objetivo geral da EnviroAtlas é empregar e desenvolver a melhor ciência disponível para mapear indicadores de produção, demanda e impulsionadores de serviços ecossistêmicos para a nação.

https://project-open-data.github.io/schema/#accessLevel public Standard Technical Controls

Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento - Programa de Pesquisa de Comunidades Sustentáveis ​​e Saudáveis, EnviroAtlas EnviroAtlas Coordenador de Dados Geoespaciais para correspondência e endereço físico 109 T.W. Alexander Drive Research Triangle Park NC

(919) 541-3832 [email protected] https://www.epa.gov/enviroatlas

Os testes de integridade não foram realizados. Os recursos representados não foram testados quanto à integridade

Os dados foram coletados usando métodos de precisão desconhecida (Política Nacional de Dados Geoespaciais da EPA [NGDP] Nível de precisão 10). Para obter mais informações, consulte o NGDP da EPA em https://epa.gov/geospatial/policies.html

Dados de fertilizantes em nível de condado compilados para 2006 do USGS.

Dados de fertilizantes distribuídos em escala de condado para plantações cultivadas e terras de feno / pastagem.

Convertido o NHDPlus V2 WBD Snapshot, versão EnviroAtlas - Estados Unidos Conterminous para um raster de 30 m ajustado para o NLCD 2011.

Usou estatísticas zonais do ArcMap como tabela para encontrar o valor médio para cada HUC de 12 dígitos.


Assista o vídeo: How to calculate area in ArcGIS from attribute table (Outubro 2021).